Ano da Esperança

2017 ANO DA ESPERANÇA

                                              Quanto a mim, esperarei sempre e te louvarei mais e mais. Salmos 71:14

 

ENOVAÇÃO ESPIRITUAL: QUANTO VALE A ORAÇÃO?

 

 

“Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz.”
Tiago 5:16

 


INTRODUÇÃO

 

“Para que a oração seja eficaz ela deve ser fervorosa. Contudo, se interpretamos, incorretamente, a palavra fervorosa, talvez achemos que temos que nos “esforçar” para termos emoções fortes, para as nossas orações serem eficazes. Eu, às vezes, me emociono bastante quando estou orando, às vezes, até choro. Outras vezes estou orando, sinceramente, mas não sinto nada extraordinário. Não podemos basear o valor de nossas orações nos nossos sentimentos. Eu me lembro de desfrutar muito de momentos de oração, nos quais eu podia sentir a presença de Deus, e aí me perguntava o que havia de errado naquelas vezes quando eu não sentia nada. Aprendi, depois de um tempo, que a fé não é baseada nos sentimentos nem nas emoções, mas numa certeza de coração. ”


Adalia Helena


Deus é soberano e faz todas as coisas conforme o conselho da Sua vontade, mas sendo Ele soberano, escolheu agir em resposta às orações do Seu povo. Orar é conectar o altar com o trono, a fraqueza humana à onipotência divina. Orar é falar com Aquele que está entronizado, acima dos querubins, e governa o universo. Não há nenhuma força mais poderosa na terra do que a oração, pois a Palavra de Deus diz que muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.

 


A ORAÇÃO E JESUS


Se para Jesus, que era um com o Pai (Jo 10.30), a oração tinha profundo valor, quanto mais deve ter para nós!Os críticos dizem que a oração é válida porque é, emocionalmente, saudável para quem ora. Seria este o único valor da oração para Jesus? O autor da Carta aos Hebreus afirma: “Durante os seus dias de vida na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em alta voz e com lágrimas, Àquele que o podia salvar da morte, sendo ouvido por causa da sua reverente submissão” (Hb 5.7, NVI). Certamente que, para Jesus, a oração não somente proporcionava o benefício emocional, mas produzia efeito concreto em sua vida e na vida de outros. Deus o atendiarespondendo, de fato, às Suas orações.


No último dia de vida (a sexta-feira começava na noite de quinta-feira), Jesus orou três vezes: no Cenáculo, no Getsêmani e no Calvário. Na sala ampla e mobiliada, Ele orou pelos discípulos e por aqueles que creriam Nele (Jo 17.20). No Getsêmani, Jesus orou por Ele mesmo: “Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice” (Mt 26.39). Na cruz, das sete palavras ali proferidas, três foram orações: a primeira, em favor daqueles que o crucificavam (“Pai, perdoa-lhes”); as outras duas, em favor Dele mesmo (“Deus meu, Deus meu, por que me abandonaste?”e “Pai, nas Tuas mãos entrego Meu Espírito!”).

 

A ORAÇÃO E VOCÊ


Não oramos porque Deus não sabe. Oramos para ficarmos mais próximos de Deus. Em um bom relacionamento, os amigos conversam e tiram tempo para estarem juntos. Quando oramos, tiramos tempo para estar com Deus, pensar Nele e ganhar mais intimidade com Ele.


Contar tudo para Deus é importante porque ajuda a reconhecer sentimentos negativos, pecados e problemas que precisam ser resolvidos. Quando oramos, temos a oportunidade para submeter tudo a Deus e deixar que Ele trabalhe em nossas vidas. Deus conserta e restaura nossas vidas quando oramos.


Orar também serve para agradecer a Deus. Muitas vezes, recebemos bênçãos e não nos lembramos de agradecer (1 Tessalonicenses 5:18). Quando paramos para agradecer pelas bênçãos, damos a glória a quem merece – Deus. Aoração de gratidão coloca tudo na perspectiva certa e ajuda a lembrar que Deus está no controle e nos quer bem.

 

A Bíblia diz que devemos orar continuamente. Em tudo que fazemos podemos nos lembrar de Deus e falar com Ele. Deus não está longe. Ele está junto de nós e quer fazer parte de nossa vida diária. Orar, sem cessar, é pedir a Deus para estar envolvido em cada momento de nossa vida.
Orar também é ficar atento para ouvir o que Deus quer dizer. Orar é uma conversa, onde falamos e ouvimos a resposta. Orar, sem cessar, é estar sempre atento para a vontade de Deus na vida diária (Colossenses 1:9).

 

 

VOCÊ E O PODER DA INTERCESSÃO


Uma das melhores coisas que podemos fazer pelas pessoas por quem nos importamos – pais, filhos, cônjuge, amigos, família, vizinhos, colegas de trabalho, pessoas necessitadas em todo o mundo – é ORAR. Talvez não possamos oferecer-lhes boa saúde, segurança financeira ou proteção, mas podemos orar para que Deus as cure, sustente e mantenha seguras.


Orar, uns pelos outros, é um dos melhores presentes que podemos dar. Cada vez que buscamos a presença de Deus e a liberação de seu poder em favor de alguém, grandes coisas acontecem. É o meio mais eficaz para tocar as pessoas e fazer diferença na vida delas. E a oração mais importante que podemos fazer pelos outros é que venham a conhecer a Deus e que Ele os ajude a compreender Sua vontade, crescer em sabedoria espiritual e viver de maneira a honrá-Lo. Podemos orar para que se pareçam mais com Jesus e produzam o fruto do seu Espírito. Podemos pedir que Deus lhes abra o coração para que possam ouvi-Lo. Isso não significa que sempre haverá uma resposta imediata. Algumas vezes, pode levar dias, semanas, meses e até anos. Nossas orações, entretanto, nunca se perdem ou são desvalorizadas. Se orarmos, algo ocorrerá na vida daqueles por quem oramos, quer percebamos quer não. Nada que precise acontecer em nossa vida e na vida de nossos entes queridos ocorre sem a presença e o poder de Deus.


Adquira o hábito de orar por todos que conhece. Ative sempre o poder de Deus na vida de todos orando por eles, independente das circunstâncias. Ore, e confie, na hora certa você verá as suas orações sendo respondidas grandiosamente. Quando você não souber como ajudar o próximo, apenas ore pela vida dele (a). Você pode mudar grandes situações espirituais apenas com orações, fieis e contínuas!

 

CONCLUSÃO


Deus é o poder por trás da oração. Sem Deus, a oração não tem poder nenhum. Mas quando cremos em Deus, a oração tem poder para curar, libertar, fortalecer, renovar, reconstruir, etc. Não existe nenhuma fórmula mágica para oração poderosa. Deus faz o que pedimos quando isso é da Sua vontade. Não podemos manipularDeus. Mas a Bíblia também diz que devemos pedir confiando que Deus vai atender à oração (João 14:13-14). Deus tem poder para fazer tudo que pedimos e muito mais! Nada é impossível para Deus.