Ano da Esperança

 

2017 ANO DA ESPERANÇA
    Quanto a mim, esperarei sempre e te louvarei mais e mais. Salmos 71:14

 

RENOVAÇÃO MINISTERIAL

 

INTRODUÇÃO

Provavelmente você já saiba que nossa igreja trabalha envolvida por cinco Ministérios: Adoração, Comunhão, Discipulado, Serviço e Evangelismo. Esses sãos os cinco ministérios que fazem o “motor” de nossa igreja funcionar e seria impossível falarmos em ministério sem falarmos dos nossos ministérios-base . No tema de hoje vamos aprender um pouco sobre “paixão ministerial”.O que motiva o seu coração dentro do Reino? Talvez você esteja parado, com uma bolsa cheia de dons e talentos nas mãos, e um dos nossos ministérios esteja carecendo exatamente de você, daquilo que só você pode fazer. Porque o chamado é seu e deve ser cumprido por você! Entenda sua paixão e viva o melhor que Deus planejou para a sua vida!

 

Falar em vocação é complicado e, para alguns, um assunto angustiante. Traz angústia para o estudante que cursa o ensino médio e ainda não definiu sua carreira profissional. É complicado para aqueles que querem servir na igreja, mas não descobriram sua vocação, seu dom. É complicado também para quem não se realiza, profissionalmente, porque está fora da sua vocação. Lê-se em Provérbios: “O Senhor fez todas as coisas para determinados fins” (Pv 16.4). Deus fez você para um determinado propósito, e a sua realização só será completa quando cumprir esse propósito, quando estiver dentro do plano de Deus. Uma coisa é certa: você deve servir para glorificar a Deus e para edificar-se pessoalmente e aos outros (Jo 12.26; Cl 3.23-24; 1Pe 4.11). Você crescerá, no serviço cristão, quando estiver servindo na área relacionada ao propósito de Deus (Ef 4.11-12).O que irá ajudá-lo a identificá-la é a sua paixão ministerial.

 

O QUE É PAIXÃO MINISTERIAL?

Embora a palavra “paixão” seja usada na Bíblia no sentido negativo (“desejo pelo que é proibido” – Cl 3.5; 1Pe 2.11; 2Pe 1.4), aqui está sendo usada de maneira positiva, isto é, “um sentimento de emoção levado a um alto grau de intensidade; entusiasmo muito vivo por alguma coisa; disposição favorável a” (Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa).
“A paixão é o desejo dado por Deus que nos impele a fazer diferença num determinado ministério” (Bruce Bugbge, Don Cousins, Bill Hybels.)

“A paixão lhe ajuda a saber onde servir, ela lhe dá a direção. Ela lhe dá a motivação e a energia para servir numa determinada área de ministério”

 

POR QUE TEMOS PAIXÃO POR DETERMINADO MINISTÉRIO?

Deus o trouxe à existência para servi-Lo, de tal forma que o nome Dele seja glorificado e a Igreja de Cristo, na terra, seja edificada. É Ele quem coloca no seu coração a paixão por um determinado ministério, por um determinado serviço, na igreja. Ele é o Autor dessa paixão. Quando você recebe a salvação em Cristo e se junta, em santificação, à família de Deus, acontece a sua separação para o serviço ministerial. Jeremias foi vocacionado por Deus, quando ainda estava no ventre da mãe (Jr 1.5). Paulo reconhece ter sido chamado para o serviço ministerial, antes de nascer (Gl 1.15). Essa paixão faz com que você saiba “onde” e “em que área” Deus o quer servindo. Esse “onde” pode se referir a um espaço geográfico ou a um ministério na própria igreja.

 

“O fato de cada um de nós se importar, profundamente, com algumas coisas mais do que com outras é devido à influência de Deus. Se todos nós tivéssemos uma paixão para os mesmos assuntos ou pessoas, muitas necessidades ficariam descuidadas. Mas Deus deu a cada um de nós uma paixão como parte de Seu plano e propósito para nossa vida.”

 

Veja a paixão ministerial de Jesus: “Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra” (Jo 4.34).

 

Conheça também a paixão ministerial do apóstolo Paulo: “meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós” (Gl 4.19).

 

COMO DESCOBRIR SUA PAIXÃO MINISTERIAL

 

A descoberta da sua paixão e o serviço no ministério certo o levarão a se sentir realizado e a ser mais frutífero no desempenho da tarefa a que se propuser. Isso o levará a atingir o objetivo do serviço cristão: glorificação de Deus.edificação pessoal e do próximo. Uns têm grande facilidade em descobrir a sua paixão, pois ela se manifesta muito cedo e claramente.

E, então! Como descobri-la? É fácil! Essa paixão está onde estão o seu coração, seu pensamento, seu prazer, seu entusiasmo, seu interesse. Está no assunto de suas conversas, no seu amor maior. Aí está a sua paixão.

Pense na seguinte pergunta: Se você tivesse todas as condições (físicas, espirituais e materiais) para fazer algo no ministério cristão, o que gostaria de fazer?

_O que você mais gosta de fazer na igreja?
– Qual o serviço cristão que lhe dá maior prazer?
– Em que ministério você quer servir ao Senhor?
– Em que atividade da igreja a liderança lhe pede ajuda?
_Qual o assunto ministerial que mais lhe atrai?
– Qual foi o trabalho que você realizou com muita satisfação?
– Ao final de que trabalho você se sentiu realizado?